Falta de Foco e Motivação?

Segredos para manteres sempre o foco e a motivação
Junta-te à conversa

Dicas para teres motivação

Sentes que estás a perder o foco e a motivação? Começas a ver o teu objetivo cada vez mais difícil de concretizar? Já aconteceu com quase todos nós, portanto aqui ficam algumas dicas que te ajudarão a manter o foco e a motivação!

Antes de mais importa entender o que é a motivação. Com origem no latim, “movere” sugere um sentido de movimentação para realizar determinada ação, ou seja, é o que nos move para concretizar algo.

Quando decides inscrever-te num ginásio ou começar a praticar exercício físico, existe nessa tua vontade uma motivação (um movimento) para concretizar um determinado objetivo (perder gordura, aumentar massa muscular, ganhar força, melhorar a saúde, etc). Esta, pode ter duas origens:

Pode ser motivação intrínseca:

É a que tem como base as necessidades e os motivos pessoais de cada um para alcançar determinado objetivo, independentemente do ambiente ou das situações. É a força interior de cada um de nós.

Pode ser motivação extrínseca:

Tem como base os fatores externos ao individuo, sendo mais inconstante do que a motivação intrínseca. Está associada a recompensas ou punições.

Em suma, a motivação intrínseca tem muito mais força e é mais constante, pois depende só do sujeito e do seu gosto pessoal. A motivação extrínseca é apenas um “meio para atingir um fim”, pois todo o processo até ao objetivo representa uma obrigação para o indivíduo, tendo de existir fatores externos como recompensas ou punições para o motivar.

Em forma de exemplo, alguém que quer frequentar um ginásio para emagrecer e gosta de ginásio, terá uma motivação intrínseca. Ao passo que alguém que tenha o mesmo objetivo, mas que não goste de ginásio e apenas queira realizar esse objetivo para vestir umas calças que tem no armário e que já não servem, estará a ser alvo de motivação extrínseca. Ambas são importantes, contudo a motivação intrínseca assume um papel mais relevante.

Deste modo, deixamos então dois dos “segredos” que consideramos essenciais para te manteres sempre motivado:

1. Devemos inicialmente formular bem qual é o nosso objetivo. Pode parecer algo banal e fácil, mas muitos Coachs notam que a maior dificuldade das pessoas é formularem objetivos. Um objetivo deve ser realista e atingível e muitas vezes as pessoas não têm discernimento suficiente para definir esses objetivos, devendo então recorrer à ajuda de Coachs especializados nesse âmbito

2. Depois de o objetivo estar definido é necessário escolher o Plano de Ação para concretizar esse objetivo. Nesta etapa, entra a escolha de uma atividade que seja prazerosa para o sujeito e são definidos pequenos objetivos que devem ser atingidos ao longo do tempo, antes de atingir o objetivo principal. A escolha da atividade a realizar é muito importante, pois estarás sempre mais motivado para fazer algo no qual tenhas prazer.

Um Personal Trainer será útil para te ajudar a escolher a atividade que melhor se adequa ao teu objetivo e que vá de encontro ao teu gosto pessoal. Muitas vezes, mesmo frequentando uma sala de musculação, podes gostar mais de fazer Treinos em Circuito e usar Pesos Livres, do que utilizar Máquinas de Musculação. Logo aí a motivação será diferente.

Tal como Miguel de Cervantes disse: “A viagem é melhor que o fim”.
Se estivermos a gostar do que estamos a fazer e tivermos os objetivos bem traçados, a probabilidade de existir desmotivação ou falta de vontade, será certamente menor.

Estes conselhos servem não só para o Fitness, mas para tudo na nossa vida!

Os comentários estão fechados