Proteína Whey e Caseína, qual o melhor?

Escolher Proteína Whey e Caseína
Junta-te à conversa

Descobre as diferenças entre Proteína Whey e Caseína

Para quem treina e quer aumentar a sua massa muscular, existe um nutriente que tem de estar sempre presente na sua dieta: a proteína. As suas propriedades são essenciais para a construção e recuperação de massa muscular, além de ser uma excelente aliada na perda de peso.

Dentro dos suplementos mais populares de proteína existem dois que se destacam, a proteína whey e a caseína. As suas características e forma de produção são distintas, apesar de ambos serem derivados dos lacticínios.

Neste artigo, explicamos quais as diferenças entre a proteína whey e caseína, qual deves tomar, quando e como. Comecemos por uma questão essencial, o que é a caseína?

Caseína

A caseína está disponível em grandes quantidades no leite, é separada deste através de um processo de ultrafiltração, sem o uso de químicos. É naturalmente rica em aminoácidos essenciais que não são naturalmente produzidos pelo nosso organismo.

A absorção da caseína por parte do nosso organismo é extremamente lenta, atingindo o pico cerca de 3 ou 4 horas depois da sua ingestão, e podendo durar até 7 horas. No entanto, esta lenta absorção não é algo mau, antes pelo contrário, ao continuar a fornecer aminoácidos aos músculos evita a sua quebra e cria o ambiente ideal para um crescimento muscular sustentado por mais tempo.

Proteína Whey

A proteína Whey actua de forma rápida, sendo prontamente absorvida pelo organismo. A sua rápida absorção possibilita que chegue aos músculos extremamente depressa e forneça todos os aminoácidos necessários para o seu crescimento e recuperação.

Com a proteína Whey o pico de aminoácidos no sangue é atingido apenas 40 minutos após a sua toma, regressando ao normal após uma hora. A velocidade de absorção é extraordinária, mesmo comparada com comida e especialmente em comparação com a caseína.

Qual devo tomar e quando?

Um erro comum é pensar que uma vez que a proteína whey e caseína têm propriedades complementares, o melhor será tomar ambas ao mesmo tempo. Errado! A caseína tem uma propriedade bastante especial, coagula no estômago, o que dificulta a digestão e absorção das outras proteínas. Portanto, caso tomes caseína e whey simultaneamente (misturadas), o que vai acontecer é que a caseína vai dificultar a rápida absorção da whey que é uma das suas principais características e vantagens.

O teu objetivo é aumentar a síntese de proteína e reduzir a quebra desta, correcto? Sabemos que a whey é muito efetiva na síntese de proteína e a caseína reduz a sua quebra, por isso o melhor é combinar as duas, em períodos de tempo diferentes.

A caseína funciona muito bem quando tomada à noite, antes de ires dormir, porque ajuda a manter os teus músculos alimentados enquanto descansas, evitando a sua quebra.

A whey, por outro lado, é excelente para tomar antes ou depois dos teus treinos porque ajuda a fornecer rapidamente proteína aos teus músculos, quando eles mais precisam.

Um atleta precisa de proteína para obter melhores resultados. A proteína whey e caseína, por serem tão distintas na sua forma de absorção complementam-se e são essenciais para quem quer atingir os seus objetivos de forma mais rápida.

Bons treinos!

Os comentários estão fechados