Tipo de alongamentos e porque são importantes

como, quando e porque fazer alongamentos
Junta-te à conversa

Porque, quando e como deves fazer alongamentos

A nossa visão sobre os alongamentos tem vindo a alterar-se com novas informações, provenientes de estudos científicos. O que era a regra há 10 anos hoje está comprovadamente errado, por isso hoje esclarecemos todas as tuas dúvidas sobre porque, quando e como deves alongar.

Lembras-te como o meu primeiro treinador te obrigava a alongar diariamente, antes e a meio de um treino? Tantos como ele, defendiam que alongar prevenia lesões e que era muito importante para todos os atletas. Será que ele estava errado?

Sim… E não. A elasticidade dos músculos é muito importante para prevenir lesões, especificamente roturas musculares, por isso o treino de flexibilidade é muito importante. No entanto, a altura em que alongamos e o tipo de alongamentos que fazemos são ainda mais importantes.

Deves alongar antes do treino?

A resposta curta é sim, mas alongamentos ativos e dinâmicos. Os alongamentos dinâmicos são os mais adequados para preparar o corpo para a atividade física, uma vez que aumentam a temperatura corporal ao mesmo tempo que alongam, estabilizam e fortalecem os nossos músculos.

Exercícios como o lunge frontal, lunge rotacional, pêndulo frontal e lateral, agachamento sumo com extensão, vinyasa flow, dynamic pigeon e frog walk-in são excelentes para aquecer os músculos para o treino, ao mesmo tempo que trabalham a tua mobilidade. O yoga é uma excelente fonte de inspiração para alongamentos dinâmicos e completos e, caso tenhas interesse na área, é definitivamente algo que deves experimentar.

Durante estes exercícios deves focar-te sempre na técnica e numa excelente postura. Nos alongamentos dinâmicos a qualidade é tão importante como a quantidade. Aproveita para trabalhar a tua postura.

Quando deves fazer alongamentos estáticos?

 Apesar do foco estar nos alongamentos dinâmicos, isto não quer dizer que os alongamentos estáticos são maus, antes pelo contrário. Os alongamentos devem ser executados no final de uma sessão de treino, ou idealmente, num dia de descanso.

O alongamento estático ajuda-nos a melhorar a nossa mobilidade e a elasticidade dos nossos músculos. A mobilidade é essencial para a nossa vida pessoal e desportiva. Muitos exercícios não podem ser executados sem uma boa mobilidade (Press de ombros, por exemplo, exige bastante mobilidade ao nível dos ombros e estabilidade do core). Por isso, não descures a mobilidade e faz sessões de alongamentos com o único objetivo de melhorar a mobilidade e permitir que os teus músculos sejam mais elásticos nos exercícios que exigam mais stress.

Conclusão

Deves utilizar os alongamentos dinâmicos diariamente no teu aquecimento antes do treino como forma de preparar os teus músculos e articulações para o esforço do treino.

Os alongamentos estáticos devem ser feitos ou no final do treino ou num treino em separado, tendo como foco melhorar a tua mobilidade e elasticidade.

Bom treino!

Os comentários estão fechados